A hora do parto

parto

Por: Joyce Trajano



Chegou o momento tão esperado por todas nós: o de seu bebê conhecer o mundo aqui fora. Até agora ele estava protegido e cercado de amor dentro de sua barriga, mas a hora tão aguardada chegou! O parto é uma ocasião cheia de emoção e expectativas, principalmente para você e seu bebê.

Conhecer antecipadamente todos os detalhes como, por exemplo, a maternidade onde será realizado o procedimento, lhe dará maior segurança e confiabilidade, requisitos necessários para que o momento seja um sucesso.

Ainda me lembro deste momento como se fosse ontem. A expectativa de ver o rostinho da Vicky pela primeira vez e, ao mesmo tempo, a tensão com o parto era enorme. Na verdade, meu coração já estava quase saindo pela boca.

Apesar de ter optado pelo parto normal, confesso que certa ansiedade tomou conta de meu ser. Mesmo depois de ter recebido todas as explicações do obstetra, só descobri o que realmente acontece e como acontece quando a hora chegou! E que turbilhão de emoções invade nosso ser.

Por isso, decidi partilhar com vocês algumas dicas sobre como seu organismo e o bebê trabalharão durante o parto, para que assim você possa curtir com mais tranquilidade o momento em que olhará pela primeira vez nos olhos de seu pequeno.

É claro que alguns detalhes dependem do tipo de parto que você escolher, mas os primeiros sintomas são praticamente iguais em todas as opções. Em primeiro lugar, no dia anterior ao parto, o neném costuma se movimentar mais e as contrações uterinas começam a ser sentidas.

O organismo da mãe, então, começa a se preparar para que o parto seja um sucesso, iniciando a liberação de substâncias capazes de diminuir a dor, e outras que podem diminuir a hemorragia durante e após o parto.

Você entra em trabalho de parto quando acontece a eliminação de uma secreção espessa com filetes de sangue (o tampão mucoso). Após ocorre o rompimento da “bolsa d’água” (membrana que sustenta o líquido amniótico). Além disso, iniciam-se as contrações que provocam a dilatação do útero. Este período costuma ser mais doloroso pela frequência das contrações que passam a acontecer em um intervalo de tempo menor entre uma e outra.

Durante a dilatação seu bebê começa a se preparar para sair. A partir daqui temos três fases:

1. Fase latente: é a mais longa, mas menos intensa. A dilatação do colo do útero pode chegar a três centímetros e as contrações podem ser regulares ou não. Também podem ocorrer dores nas costas, cólicas semelhantes àquelas da menstruação e sensação de calor no abdômen. Dica: fique tranquila e procure fazer uma higiene pessoal. Entre em contato com seu médico e vá para a maternidade.

2. Fase ativa: é mais intensa e ativa do que anterior. As contrações se tornam mais fortes e frequentes. A dilatação pode chegar a sete centímetros. Dica: o ideal é iniciar os exercícios respiratórios neste momento.

3. Fase transacional: é a mais intensa de todas e o final o do trabalho de parto. Caso sua dilatação chegar a próxima a 10 cm e o bebê estiver na posição adequada, o parto provavelmente será normal. Dica: neste momento seu estado emocional é importante para que o parto seja tranquilo. Se possível, é importante que alguém a acompanhe neste momento para que você se sinta mais segura e confiante.

É importante lembrar que este momento é único na vida da mulher e os elementos que influenciam no parto podem variar, levando-se em conta as condições de saúde de mãe e filho, a posição do bebê, o tipo de parto escolhido, o estado emocional da mãe e o apoio familiar.

São vários os tipos de partos existentes. Desde os mais naturais e humanizados que se preocupam com o seu bem-estar e do bebê, até aqueles que levam em consideração a rapidez no atendimento. Conhecer as diversas possibilidades de partos e poder escolher aquele que mais se adequa as suas expectativas tornará este momento mais sereno.

Nas próximas seções conversaremos um pouco mais sobre cada tipo de parto, para que você possa avaliar os prós e contras de cada um. O importante é conversar com o seu médico e analisar as melhores opções para você e sua família.

Comentários: