Sempre bonita e exuberante

linda

Por: Joyce Trajano



Estou grávida! E agora? Quais tratamentos de beleza posso realizar? Será que posso usar os mesmos cosméticos que estou acostumada? Com certeza, essas são algumas das dúvidas que pairam na cabeça de muitas mulheres assim que descobrem a gravidez. O mais importante de tudo é lembrar que você está entrando em uma nova fase de vida e alguns hábitos deverão mudar.

Escovas definitivas, colorações radicais e cremes clareadores devem ser abolidos, pelo menos nos primeiros três meses da gravidez, por ser um período que exige mais cuidado e atenção. O uso excessivo de alguns desses itens pode causar malformação do feto e, em alguns casos, até o aborto.

É claro que nem tudo é proibido. Por isso, aqui vão algumas dicas sugeridas por especialistas de diversas áreas (obstetrícia, dermatologia e estética) sobre quais procedimentos você pode ou não fazer durante esse período. Só porque você está grávida não quer dizer que precise ficar feia.

Uso de produtos químicos e alisamentos:


Proibidos no primeiro trimestre da gravidez - por causa da formação do bebê. O máximo que você conseguirá fazer são alguns reflexos somente nas pontas do cabelo – em hipótese alguma encoste o produto na raiz, e, de preferência, use produtos sem amônia. Escovas progressivas e alisamentos devem ser evitados, inclusive, durante a fase de amamentação.

Uso de hidratantes para a pele:


Para evitar a oleosidade excessiva e o aparecimento de acnes mude seus hábitos alimentares. Os oxidantes encontrados em frutas, legumes e verduras são excelentes para previnir espinhas, envelhecimento precoce e queda de cabelos. Abuse do óleo de amêndoas e de cremes à base de vitamina C - que auxiliam na prevenção de estrias e manchas escuras na pele (melasmas) – e E, também procure cremes à base de óleos vegetais e de aloe vera. Hidratantes com ureia acima de 3% estão proibidos (procure um dermatologista para lhe indicar qual é o melhor produto para seu tipo de pele). Cosméticos anti-idade nem pensar, grávidas não podem entrar em contato com ácidos do tipo: retinóico, glicólico e hidroquinona – muito utilizados na composição destes cremes.

Peelings:


Proibidíssimos! Como no caso dos cremes anti-idade.

Tratamento dentário:


Somente após o segundo trimestre alguns procedimentos podem ser realizados com a utilização de anestésico especial e sem radiação. O melhor a fazer é caprichar na escovação, usando creme dental com flúor e antisséptico bucal sem álcool. Clareamento dental não é recomendado. Nesta fase sua gengiva está mais sensível e propensa a sangramentos (que podem se transformar em inflamações mais graves ou até mesmo infeccções); além disso, você pode engolir o produto - motivo para você sentir mais enjoo ainda.

Bronzeamento e uso de bronzeadores e protetor solar:


Bronzeamento nem pensar, seja natural ou artificial. Ele agrava o processo de hiperpigmentação da pele, logo nada de usar bronzeadores. Use diariamente o protetor solar com fator superior a 30 (mesmo em dias nublados ou de pouco calor), mas procure a orientação de um dermatologista para saber qual o protetor adequado para seu tipo de pele.

Esmaltes e acetonas:


Estão liberados desde que a concentração de acetona nos removedores de esmalte não seja superior a 50%.

Botox e tratamentos com laser:


Proibidos para gestantes!

Dietas para emagrecimento:


Nem pensar! Durante a gravidez consulte uma nutricionista para realizar uma dieta balanceada. Pratique exercícios de baixo impacto, como caminhadas e exercícios na água, desde o início da gravidez, desse modo você garantirá o ganho de peso ideal. Lembre-se: ganhar muitos quilos pode ser prejudicial a saúde do bebê, saiba mais na matéria: “
Hábitos alimentares”. E durante a fase de aleitamento não use medicamentos para emagrecer, o próprio ato de amamentar contribui naturalmente para que você perca peso.

Drenagem linfática e massagens:


Liberadas desde que realizadas por profissionais especializados na área de obstetrícia. Para as massagens somente as relaxantes, pois propiciam um sono mais tranquilo; diminuem a ansiedade, o nervosismo, as dores lombares que surgem na gravidez e, também, preparam você para a hora do parto. As drenagens linfáticas são essenciais para a diminuição da retenção de líquidos, fato muito comum durante a gestação. Cuidado apenas com as variações da pressão arterial. É recomendado que antes dos procedimentos, o profissional possa medir sua pressão, garantindo assim sua segurança e a do bebê.

Descoloração dos pelos e depilação:


Descolorir os pelos só com água oxigenada, mas cuidado: irritações na pele são muito comuns neste período, já que ela está mais sensível. Depilação com cera quente ou fria está liberada, só evite os cremes depilatórios à base de tioglicolato. E fique longe da depilação à laser!

Aproveite as dicas sugeridas e fique linda. Este, com certeza, é seu melhor momento. Mas não esqueça de procurar seu médico para obter maiores informações sobre o que você pode fazer – ou não - durante a gravidez.

Comentários: